Agência Minas Gerais | Governo de Minas inaugura unidade da Fundação de Arte de Ouro Preto em BH – JORNAL ALEF

Abril 9, 2024 0 Por admin


Seg 08 abril 2024 18:50 atualizado em Seg 08 abril 2024 18:56

Faop Liberdade irá oferecer série de ações e atividades que envolvem a conservação de bens culturais, exposições artísticas, rodas de conversa e oficina

Leo Bicalho / Secult download da imagem

Em mais uma ação de ampliação e descentralização de suas atividades, a Fundação de Arte de Ouro Preto (Faop) inaugurou, nesta segunda-feira (8/4), uma nova unidade em Belo Horizonte, no Circuito Liberdade.  A novidade é iniciativa do Governo de Minas Gerais, por meio da Secretaria de Estado de Cultura e Turismo (Secult), em parceria com o Centro de Arte Popular (CAP), integrante do complexo cultural.   A Faop Liberdade vai promover, de forma regular, série de ações que envolvem conservação de bens culturais, exposições artísticas, rodas de conversa e oficinas, eentre outras atividades totalmente gratuitas que serão realizadas na sede do CAP, localizado no bairro de Lourdes, região Centro-Sul da capital. O termo de cooperação técnica assinado entre a Fundação de Arte de Ouro Preto e o  Centro de Arte Popular dá origem à terceira unidade física da Faop fora da cidade barroca. Paracatu, no Noroeste mineiro, em 2021, e Guaxupé, no Sul de Minas, em 2023, receberam extensões da fundação, que celebrou 55 anos de história em novembro passado.  Santa Luzia será a próxima cidade a receber uma unidade da Faop. No município da Região Metropolitana de BH, ações em prol da conservação de bens culturais já começaram. Parcerias    Além das unidades físicas em Ouro Preto, Paracatu, Guaxupé e BH, a Fundação de Arte de Ouro Preto estabelece parcerias com diversos municípios mineiros.  Somente em 2023, a instituição esteve presente com ações e projetos variados, de visitas técnicas a palestras, oficinas e cursos rápidos, em 80 cidades.  “O Centro de Arte Popular, essa maravilha que guarda os tesouros das tradições mineiras, casa perfeitamente com a Faop, que tem em seu estatuto os ofícios de Minas”, diz Leônidas de Oliveira, secretário de Estado de Cultura e Turismo de Minas Gerais. “Essa união de esforços, de todos os recursos que temos, é pelo interesse público. Estamos aqui para ampliar ainda mais as ações do Centro de Arte Popular”, afirma o presidente da Fundação de Arte de Ouro Preto, Jefferson da Fonseca. Uma dessas ações será de terça a sexta-feira (9 a 12/4). Trata-se da oficina Introdução à Preservação e Conservação de Bens Culturais, cujas inscrições gratuitas se esgotaram em poucas horas.  Ao longo de 2024, outras atividades estão previstas e uma programação permanente com cursos e exposições ocupará a sede do CAP.  “Essa parceria será fundamental. Trata-se de uma ação de política pública. E ninguém faz nada sozinho”, afirma Angelina Gonçalves, coordenadora do Centro de Arte Popular. Fundação de Arte de Ouro Preto Com  55 anos de história, completados em novembro de 2023, e sedes em Ouro Preto, Guaxupé e Paracatu, a Fundação de Arte de Ouro Preto vem atuando, por meio de políticas públicas e parcerias, em ações de conservação, restauração, fazeres tradicionais e da arte contemporânea em seus mais diversificados suportes e linguagens, consolidando sua capacidade de formação, educação e transformação social.  A Faop oferece o Curso Técnico de Conservação e Restauração, o primeiro da área reconhecido pelo Ministério da Educação (MEC). Centro de Arte Popular Localizado nas adjacências da Praça da Liberdade, o Centro de Arte Popular exibe ao público a riqueza da cultura produzida pelos artistas populares de Minas Gerais.  A instituição tem por objetivo divulgar a pluralidade e a diversidade cultural mineira. Inaugurado em 2012, o CAP integra o Circuito Liberdade e seu acervo é composto por objetos confeccionados em madeira, cerâmica, tecido, fibras naturais, pedras, além de outros suportes e linguagens.  O Centro de Arte Popular conta com um programa de ação educativa permanente e produz exposições temporárias, oficinas e eventos diversos relacionados às diversas expressões da arte.

outras notícias



Source link